23.4.06

 

Campeões (RPS)

Mais um. Mais um título de campeão nacional para o meu clube. O sexto, na última década. O décimo-segundo, nos últimos vinte anos. Se olharmos para os últimos trinta anos, é o décimo-sexto. De facto, foi em 76, com a chegada de Pinto da Costa ao Departamento de Futebol do FCP, que o futebol mudou em Portugal.

Um título sabe sempre bem, mas confesso: este foi o título que menos me entusiasmou. Não deu verdadeiro gozo, aquele gozo que muitos outros deram. A equipa e, em especial, o treinador têm méritos, mas nunca me galvanizaram, nunca fizeram um futebol que me enchesse as medidas. Não gosto da táctica, do sistema de jogo de Adriaanse (embora tenha resultado). E acho que nunca, nestes trinta anos, tantos jogadores medianos foram titulares do Porto.

Na época passada, assistimos ao pior campeonato de sempre, pelo menos, destes últimos trinta anos. E tivemos o pior campeão de sempre. Mas este ano a coisa não melhorou muito. Na verdade, a qualidade de jogo e o nível das equipas no futebol português estão muito por baixo, ao contrário do que vinha acontecendo. Sim, porque temos tido nestes trinta anos grandes equipas e, em especial, grandes equipas no FCP.
Ao longo destes trinta anos sempre ouvi a generalidade dos comentadores e outros observadores afirmar que o nível do futebol português, a qualidade de jogo, andava pelas ruas da amargura. Mentira. Mentira e raiva: esse argumento serviu sempre para apoucar os êxitos e os méritos do FCP. Diziam isso enquanto, na Europa, o Porto fazia grandes campanhas. Porque eles não suportam. É a escola do nefasto e nefando Alfredo Farinha, personagem que me vem sempre à memória nestas horas de triunfo.

Este já cá canta. Espero que venha o próximo já para o ano, mas a jogar melhor.

O Beira Mar subiu à primeira e já há festa na padaria.
Será que a
Gaja de Aveiro não vai postar sobre o assunto?

Comments:
Não sei porquê mas também não me deu o gozo do costume...
 
Não sei se é por ser simpatizante do Vitória de Setúbal, mas também não me deu grande gozo...
 
"Não sei porquê mas também não me deu o gozo do costume..."

...pudera; 11 a jogar contra 1 guada-redes (os outros 10 eram todos uns ponhonhós) e ainda assim tiveram que arranjar um penalty para poderem fazer a festa!!!

Esta época a única equipa digna de mérito e de ser elogiada foi o Vitória de Setúbal que na primeira metade do campeonato andou sempre nos primeiros lugares apesar dos seus jogadores não receberem salário. Quanto recebem os outros?

Mais; o futebol é tão lindo, tão, lindo, com uma verdade desportiva fantástica, que se inventou o sistema de trasferências a meio de época para, precisamente, cercear todas as possibilidades de clubes pequenos como o V. Setúbal que perdeu uns poucos dos seus melhores jogadores para clubes com mais dinheiro. Quantos posts é que eu vi sobre isso? E anda para aí 90% de povo a gritar Porto, Porto, Benfica, Benfica, Sporting, Sporting... se ainda jogassem alguma coisa !!!

Ainda assim o Setúbal está na final da Taça que vai disputar e ganhar ao Porto (ok, a segunda equipa que merecia, mas pouco, o campeonato)!

Viva o Vitória de Setubal!!!

p.s. Como toda a gente sabe, o Bartleby, é, mas pouco, muito pouco, por herança, benfiquista!!!
 
pena que ainda faltem 10 títulos para que o FCP ficar alcance do "pior campeão de sempre"... ;)
 
Concordo, mas campeão é campeão!
 
parabens rps, porque o titulo como diz um colega meu, e dos adeptos tambem, porque sao eles que enchem o estadio.
mais nao digo...
 
eu sei que não serei mt bem vinda por aqui mas não resisto: o mar de Finisterra????????????


meu deus,,,,que mar,,,que cheiro,,,que ventos que brisas que memórias que silêncios gigantes,,,que saudades...

pronto. e vou.me.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Também não me deu gozo, este título!
Mas... parabéns ao vencedor!
 
Eu cá, estou Mendes Ferreira.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?